Últimas Notícias

Levantamento de programa estadual aponta redução de mortes no trânsito na zona urbana de São Sebastião.

O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, programa do Governo de São Paulo que visa reduzir o número de fatalidades causadas por acidentes no Estado divulgou, no último dia 19, dados de óbitos decorrentes de acidentes de trânsito que constam no Infosiga-SP, um banco de dados que reúne informações de acidentes de diversas fontes, como Polícia Civil, Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal. São Sebastião teve redução e, segundo a prefeitura, o resultado é atribuído às ações realizadas na cidade pelos operadores do sistema de trânsito municipal.

O município sebastianense não registrou óbitos no mês de outubro na faixa urbana. Contudo, foram dois casos ao longo da rodovia. De janeiro até setembro, houve dois acidentes fatais nas vias municipais. Em trechos da rodovia, nos sete primeiros meses do an o sistema registrou seis óbitos no trânsito.

Segundo os organizadores da pesquisa, São Sebastião está no caminho certo e é um colaborador para a meta do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito.  De acordo com João Firmino, chefe de divisão de Tráfego da Prefeitura, essa redução é fruto de planejamento da administração, por meio da Segurança Pública.

Ele cita que o Departamento de Trânsito (Detraf) implantou ações como melhorias na sinalização viária, disposição logística dos agentes de trânsito, e colocações de pinos e tachões nas vias públicas.  “Os esforços são para inibir ações irregulares, como ultrapassagens, e evitar corredores de motos, que gerava diversas colisões frontais de motocicletas”, explica João, que atribui a colisão entre motos como grande parte dos índices de óbitos em trânsito no ano passado.

O Governo do Estado criou o Movimento Paulista de Segurança no Trânsito com objetivo de reduzir pela metade o número de vítimas fatais no trânsito de estado de São Paulo até 2020.  As estatísticas do Infosiga SP são públicas e disponíveis por meio do site www.segurancanotransito.sp.gov.br.

Fonte: Radar Litoral

Sobre Oscar de Oliveira Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*