Últimas Notícias

Ilhabela realiza implantação de minhocários nas comunidades tradicionais.

A Prefeitura de Ilhabela, por meio das Secretarias de Educação e Meio Ambiente, iniciou a implantação de minhocários nas escolas das comunidades tradicionais caiçaras. Ação integra a segunda fase do projeto “Resíduo Zero nas Escolas”

Para efetivar a ação, os professores passaram por uma capacitação. “Umas das preocupações da nossa gestão é a preservação do meio ambiente. Na quarta (14), realizamos uma reunião pública sobre saneamento básico, para realmente trocar ideias com a população e desenvolvermos projetos que sejam efetivos e beneficiem toda a nossa população. Temos investido recursos em saneamento básico para universalizar essa área de seis a oito anos, com obras voltadas ao tratamento de água e esgoto. Somente nesse, e nos próximos anos, aplicaremos aproximadamente R$ 41 milhões em saneamento”, declarou o prefeito, Márcio Tenório.

O projeto “Resíduo Zero” conscientiza as crianças sobre o consumo sustentável, a alimentação saudável, com o incentivo à criação de hortas orgânicas no ambiente escolar e familiar e a separação e descarte correto do lixo reciclável e não reciclável.

Cada escola recebeu duas composteiras com minhocas da empresa Morada da Floresta, para desenvolver o projeto eco pedagógico nas comunidades tradicionais. “A coleta do lixo nas comunidades tradicionais é diferenciada e com o projeto conseguimos reciclar o lixo seco e compostar os resíduos orgânicos (cascas de frutas, legumes, hortaliças)”, salientou a técnica Tatiana Araujo, da empresa Flow Desenvolvimento Sustentável Sustentável, que realiza o acompanhamento do projeto no município.

Na primeira fase do projeto, 14 escolas realizaram a compostagem por meio de composteiras termofílicas em cilindros junto ao acompanhamento técnico mensal em cada escola. As unidades escolares receberam cilindros de compostagem, balança para medição da quantidade de resíduos destinados a compostagem, termômetro para monitoramento e ferramentas como pás e enxadas.

Fonte: Prefeitura de Ilhabela.

Sobre Oscar de Oliveira Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*